top of page

POR QUE TOMAR O DAIME?

Atualizado: 21 de fev. de 2019


Os motivos que levam as pessoas a vivenciar uma experiência com o Santo Daime são os mais diversos. Muitos buscam nesta medicina a cura para diferentes males como a depressão, o alcoolismo, o tabagismo, a dependência química entre outros. Contudo, existem também aqueles que simplesmente desejam ter uma experiência espiritual aprofundada e/ou buscam o autoconhecimento graças à ampliação de consciência que o Daime proporciona.

Se você, por alguma razão, tem vontade de conhecer o Daime mas ainda não teve a oportunidade ou coragem, listamos aqui alguns bons motivos para que você não deixe de conhecer esta sagrada medicina.

É UMA SUBSTÂNCIA ENTEÓGENA

O Daime (ayahuasca) é uma substância capaz de transformar as atitudes, o comportamento e as relações de significado internas mediante a alteração/modulação do funcionamento mental do indivíduo, apresentando, portanto, um impacto positivo sobre o comportamento cotidiano de quem o utiliza. Por atuar desta forma no organismo humano é que pode ser classificada como uma uma substância “enteógena” ; do grego (en = dentro/interno, theo- = deus/divindade, genos = gerador) que significa a "manifestação interior do divino" ou ainda “gerador da divindade interna”.

FONTE: ESCOBAR, J. A. C. Ayahuasca e Saúde: Efeitos de uma Bebida Sacramental Psicoativa na Saúde Mental de Religiosos Ayahuasqueiros. 260 f. Tese (Doutorado) – Pós-Graduação em Psicologia Cognitiva, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2012.

EFEITO RÁPIDO E POSITIVO SOBRE A DEPRESSÃO

Pesquisadores do Instituto do Cérebro da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) descobriram que com apenas uma ingestão de Daime (ayahuasca) é possível aliviar os sintomas de vítimas de depressão sendo o efeito quase instantâneo. De acordo com a pesquisadora Fernanda Palhano, a maior parte das pessoas que ingeriram o chá apresentaram melhora nos sintomas depressivos. Segundo ela, foram 64% dos pacientes que beberam o chá com melhora clínica em até sete dias após o experimento. Ao todo, 29 pessoas com depressão participaram da experiência, além das 50 pessoas saudáveis do grupo de controle. Entre os doentes, 15 receberam placebo e 14 a substância real. Foi constatado no estudo que, logo no primeiro dia após o tratamento, há uma diminuição significativa dos sintomas depressivos nos pacientes que beberam ayahuasca quando comparados aos que beberam placebo, conta a pesquisadora.

AÇÃO NÃO PREJUDICIAL, DO PONTO DE VISTA TOXICOLÓGICO

Estudos apontam que, do ponto de vista toxicológico, a bebida possui inocuidade ou seja: não se constatou nenhuma diferença no sistema neurosensorial, circulatório, renal, respiratório, digestivo, endócrino entre os grupos experimentadores e de controle. Esses estudos comprovam a natureza saudável e funcional dos indivíduos que consomem a ayahuasca regularmente por várias gerações pois não foram encontrados sinais de “consequência médica e social deletérias”.

ESTIMULA A FORMAÇÃO DE NEURÔNIOS

Uma das principais substâncias presentes no Daime é capaz de estimular a proliferação de neurônios no cérebro, é o que mostram experimentos realizados por pesquisadores brasileiros da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Foi constatado que a molécula “harmina”, presente no cipó “Banisteriopsis caapi” (Jagube), foi responsável pela multiplicação de células progenitoras neurais (as que dão origem aos neurônios e diferentes tipos células do cérebro) além de terem promovido a formação de prolongamentos celulares, essenciais para a formação dos neurônios.

EFEITOS POSITIVOS NA CURA DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA

Evidências científicas demonstram os benefícios no âmbito psicoterapêutico, à eficácia junto ao tratamento do alcoolismo crônico e outras drogas de abuso. A pesquisa concluiu que a utilização da Ayahuasca, por meio de um segmento religioso, contribuiu de maneira fundamental para o abandono ou descontinuidade do uso de substâncias química, sendo considerada pelos mesmos uma forma de tratamento.

AMPLIAÇÃO DA CONSCIÊNCIA

Segundo psiquiatra integrante do grupo multidisciplinar do Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas (CONAD), responsável pela resolução que regulamentou o uso religioso da ayahuasca no Brasil, essa é uma importante distinção a ser feita. “Ampliar a consciência não significa ter alucinação em seu sentido pejorativo", segundo ele, ampliar a consciência é alcançar um estado mental que permite uma reflexão profunda, semelhante à meditação. Já a alucinação é uma percepção alterada da realidade (ALMEIDA, 2010 p.1)

As evidências científicas a respeito dos benefícios do Santo Daime nós, do Céu da Nova Vida, há 17 anos temos tido o privilégio de presenciar. Muitas são as transformações positivas na vida daqueles que se deram a oportunidade de vivenciar esta experiência única e transformadora nesta responsável e singular casa de cura. ❤️

Texto: Equipe de Comunicação Céu da Nova Vida - Santo Daime


3.578 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page